Sobre

Este site da Sociedade Recreativa e Musical Loriguense que agora apresentamos constitui uma tentativa de tornar visível – na forma digital – uma pequeníssima parte da memória, como tal um património que é uma pertença de todos os loriguenses e que está disponível no livro: Da Philarmonica Loriguense à Sociedade Recreativa e Musical Loriguense – Um percurso histórico (1906-2016) da autoria de Augusto Moura Brito.

Os 110 anos de vida que a Banda Filarmónica comemora este ano, num claro e inelutável dinamismo de força congregadora da musicalidade, é um sinal inequívoco de que esta Instituição tem sabido promover a música e contribuído para a defesa, divulgação e promoção de Loriga e das suas Gentes.

Todos sabemos que o caminho percorrido – desde o ano de 1906 – não foi fácil mas, com a tenacidade e a vontade que muitos lhe devotaram – quer estivessem perto ou distantes – seria a força contributiva e decisiva para que a Banda Filarmónica de Loriga nunca se desmoronasse e perdesse o rumo, procurando sempre um futuro onde a ambição fosse uma determinação, o trabalho uma metodologia e a qualidade dos seus sons o seu principal objetivo. Dignificar a música e contribuir para a formação humana – visão holística – e musical dos seus músicos, foi sempre um desígnio dos seus responsáveis.

Ao longo da sua vida centenária foram muitos os que se empenharam com paixão, com alegria e com amizade, ajudando-a a permanecer na vanguarda dos sons que sempre a caracterizaram, projetando-a no concelho, no distrito e no país que muito merecidamente soube acolhê-la e festejá-la. Os sons e as melodias da sua música que sempre ecoou e tocou com mestria fizeram dela a nossa embaixadora e a nossa fonte de inspiração, regozijo e consideração.

Os Autores

José da Silva Amaro

Augusto Moura Brito